SMS Marketing: Enviar torpedos para captar alunos funciona?

Com uma boa estratégia de Marketing, você poderá engajar melhor os alunos que recebem os SMS da sua instituição de ensino e alcançar melhores resultados de captação.  

Simplificando, SMS Marketing é uma técnica utilizada pelas empresas com o objetivo de anunciar um produto para seus clientes, via mensagens de texto.

Essas mensagens são enviadas de telefone para telefone (ou de marca para telefone) e geralmente são limitadas a 160 caracteres, incluindo espaços e pontuação.

Originalmente, algumas das primeiras marcas a adotarem o SMS como ferramenta de Marketing eram as próprias operadoras de celular.

Desde então, inúmeras empresas grandes e pequenas implantaram suas próprias campanhas de marketing por SMS. 

sms como estratégia de marketing educacional

Por quê? Porque é mobile, meio onde os consumidores gastam cada vez mais tempo.

O tempo que os brasileiros passam conectados à internet via smartphones triplicou entre 2012 e 2015, segundo pesquisa da GlobalWebIndex, empresa que reúne métricas do mundo digital. Isto faz do Brasil o terceiro no ranking de países com usuários que ficam mais tempo online por meio de dispositivos móveis.

Um aspecto incrível do SMS marketing é que quase 100% de todos os gadgets disponíveis são habilitados para SMS, tornando-o o canal móvel que oferece o maior alcance possível.

Agora, é a sua vez de criar uma campanha de SMS marketing para utilizar na sua estratégia de captação de alunos.

Caso precise de ajuda para construir o planejamento ideal para captar mais alunos para sua instituição de ensino, recomendamos que baixe gratuitamente o material abaixo:

 

Benefícios do SMS Marketing para as instituições de ensino

 

  • Comunicação eficiente e econômica com alunos que passam grande parte do tempo conectados ao smartphone. Utilize a ferramenta para notificá-los sobre reuniões, eventos, mudanças e descontos de maneira rápida, barata e com alto índice de abertura. Conforme demonstra uma pesquisa da Motorola, jovens entre 16 e 37 anos passam mais tempo diário usando smartphones do que trabalhando ou se relacionando com pessoas próximas. O aparelho chega a ser considerado “o melhor amigo” para os de menos idade.
  • Comunicação efetiva entre direção, professores e funcionários sobre reuniões, prazos e atividades. O SMS não substitui todos os canais que propiciam uma comunicação interna clara e bem estruturada entre gestores e funcionários mas é uma ferramenta que facilita o contato dentro da instituição.
  • O atendimento às dúvidas dos alunos pode ser feito via SMS Marketing. As mensagens didáticas entre professores e alunos incluem também o cronograma das atividades, lembretes, estímulos para que as tarefas sejam concluídas no prazo, entre outras mensagens que reforcem o conteúdo pedagógico;
  • Envie lembretes sobre a proximidade do vencimento da mensalidade, que ajudam a reduzir o atraso no pagamento. Com a rotina cheia de afazeres, o aluno pode deixar de pagar o boleto apenas por esquecimento. Nessas horas, um lembrete pode ser de grande ajuda.
  • O envio do código do boleto pelo SMS poupa recursos e é uma opção sustentável porque substitui a remessa do boleto físico;
  • Campanhas para estimular a fidelização de alunos com descontos para pagamento antecipado de matrícula ou para atrair novos alunos podem ter o envio de SMS como uma das táticas adotadas; 
  • Impulsiona seus alunos a uma ação quando recebem o SMS marketing da sua instituição. Para isto, você precisa inserir um call to action, chamando o aluno para clicar no link do SMS, enviar para os colegas ou responder com uma palavra chave, por exemplo.

O que evitar na campanha de envio de SMS marketing?

  • A falta de planejamento pode te fazer errar no alvo ao, por exemplo, enviar avisos sobre o curso de Matemática para um aluno que cursa Enfermagem. A base de contatos deve ser segmentada de acordo com cada perfil de estudante e o conteúdo do SMS deve servir aos interesses de cada público em particular; 
  • Enviar SMS sem autorização do cliente aumenta as chances de que sua marca se passe por inconveniente e de que a mensagem nem seja aberta, afinal, o aluno nem sequer autorizou o recebimento de mensagens. Quando o aluno ou prospecto aceita ser contactado, sinaliza que tem interesse no produto e que pode vir a consumi-lo, ainda que mais tarde. 
  • Não oferecer opção de opt out para que o aluno cancele o recebimento das mensagens de texto. O que se deve buscar é conquistar o consentimento dos clientes para, então, enviar mensagens e estabelecer uma relação mais próxima com eles.
  • Não personalizar a mensagem é dar mais um motivo para o estudante não abri-la. Especificar o nome do destinatário e o curso dá a sensação de que aquele texto foi escrito exclusivamente para ele e de que a instituição quer atendê-lo de maneira personalizada; 
  • Enviar texto a qualquer horário é chato, respeite o horário comercial. Ninguém quer receber aviso logo no início da manhã, por exemplo; 
  • Ser um spam, enchendo a caixa de entrada com SMS repetidamente e sem um bom intervalo de tempo, é irritante, mesmo que semanalmente. A frequência de envios deve levar em conta a necessidade, o que está sendo oferecido ou informado e o relacionamento do aluno com o estabelecimento de ensino; 
  • Usar português abreviado e cheio de erros é um “prato cheio” para não ser levado a sério; há incontáveis golpes por aí e um dos sinais para identificá-los é o uso do mau português. Quando se trata de mensagens de uma instituição de ensino, fica ainda pior. E, como dita a regra, assine o SMS com o nome da instituição e departamento, se necessário. 

Como criar uma estratégia de envio de SMS marketing?

1) Meça o ROI na campanha de SMS Marketing após usar incentivos

Você precisa tratar seus alunos com uma atenção especial. Uma opção é oferecer algo de valor para incentivar os alunos a consumirem determinado produto. Teste o efeito dos incentivos oferecidos ao medir o ROI da campanha.

Uma vez que tenham aceito receber seu SMS marketing, você pode fazer as melhores campanhas via SMS, sem que os incentivos sejam sempre monetários.

 

Os incentivos não monetários podem ser:

 

  • Personalização – “Informaremos você quando o curso x estiver disponível”;

 

  • Lembretes – “Sua mensalidade vence amanhã”;

 

  • Engajamento – “Diga-nos como podemos ajudá-lo”;

2)  A permissão do cliente é crucial para um SMS marketing bem-sucedido

Assim como e-mail, o SMS marketing é um canal baseado em permissão. Seu aluno ou prospecto precisa inequivocamente optar por obter o que você propõe.

Pode-se pedir permissão de duas maneiras: por uma palavra-chave enviada por mensagem para determinado número ou por pelo número apresentado em um formulário da página da instituição na internet.

3) Use imediatismo no seu serviço de SMS marketing

Mais de 90% das mensagens SMS são lidas em 3 minutos, o que torna a campanha SMS um dos canais mais rápidos e acessíveis para se conectar com seus clientes em potencial. Entender essa instantaneidade é imprescindível para sua prosperidade e para impulsionar a atividade do aluno.

Caso você tenha um evento na segunda-feira à noite, enviar um SMS a qualquer momento antes da noite de sábado não seria benéfico. Com suas mensagens garantidas para atingir seu cliente e chamar a atenção dele, é imperativo que você transmita um alto valor através de um CTA (call to action) inconfundível e compacto.

Como as mensagens SMS têm 160 caracteres, é essencial ser breve, educado e objetivo.

4) Meça a eficácia da sua campanha de SMS marketing

No que diz respeito ao SMS Marketing, existem várias formas de medir a eficácia da sua campanha. Aqui estão algumas métricas para executar depois de executar uma campanha de SMS:

Crescimento de Assinantes  o crescimento de assinantes no seu SMS marketing oferece uma visão dos usuários que optaram ativamente por receber seu conteúdo de SMS. Houve cancelamento? Por quê? Embora indesejável, o descadastramento ainda mostra como seu público está envolvido com seu conteúdo;

Taxa Churn de Assinante – é uma métrica fundamental para alguns segmentos de negócio acompanharem o percentual de clientes que cancelaram o serviço. Churn é a representação percentual da quantidade de clientes que deixam a empresa em um determinado período. Trata-se de um dos mais claros indicadores de satisfação do serviço prestado, excelente também para calcular o tempo de permanência dos clientes em seu vínculo com a instituição. Um dos principais antídotos do churn rate são as estratégias usadas para a retenção de clientes;

Cross Channel Engagement – Tem tudo a ver com se envolver com seu aluno ou aluno em potencial em todos os canais digitais e em qualquer dispositivo. Da caixa de entrada às redes sociais, da web, de laptops, tablets e smartphones, o consumidor atual se movimenta com desenvoltura e espera que você esteja ao seu lado, proporcionando uma experiência verdadeiramente integrada;

5) Mantenha os cadastros atualizados

Para fazer as mensagens renderem mais matrículas, é preciso manter atualizado o cadastro no seu CRM (Customer Relationship Management).

Eduque as equipes de atendimento para que integrem o CRM às suas atividades e faça campanhas sazonais para ter uma base de contatos válida na hora de disparar seu SMS.

Conclusão

Não importa quando, mas ao adotar o SMS marketing, tenha em mente que esta é uma tática dentre várias outras incluídas na sua estratégia de marketing educacional.

Redija mensagens atraentes, com palavras-chave curtas e assertivas, personalizadas e que chamem o aluno para adotar alguma ação.

Não se esqueça de analisar devidamente a frequência correta para disparo das mensagens e só as envie para quem realmente aceitou recebê-las.

O artigo foi útil para você?

Então esse material estratégico sobre o planejamento da sua captação, certamente poderá te ajudar. Baixe gratuitamente ao clicar na imagem abaixo:

plano de marketing

 

O que você achou deste conteúdo?

Muito RuimRuimRegularBomMuito Bom (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Sérgio Fiuza

View posts by Sérgio Fiuza
Sérgio é VP de Mercado da Quero Educação, startup que já inclui mais de 300 mil estudantes no ensino superior brasileiro por meio da concessão de bolsas de estudo. Além disso, construiu também carreira acadêmica, atuando como professor na Fundação Dom Cabral e Fundação Getúlio Vargas, além de participar de projetos no MIT e na Michigan State University.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top
[números e fatos]
[números e fatos]