A importância de monitorar a reputação online da sua IE

Neste artigo, você vai aprender a importância de monitorar a reputação da sua instituição de ensino na internet, além de conhecer algumas ferramentas que vão te ajudar nessa tarefa.

O acesso à internet e às redes sociais aumenta dia após dia. De acordo com o último estudo da We are Social e Hootsuite, 66% da população no Brasil possui acesso à internet e 62% deles estão conectados a alguma rede social, com acesso médio de mais de 3 horas diárias.

O processo de escolha de uma escola ou faculdade sempre foi influenciado por recomendações, o popular boca a boca. Antes, ele acontecia nas reuniões de família, por indicações de amigos, colegas de trabalho ou por alunos ou professores de referência das instituições. Nos últimos anos, essa conversa se estendeu para chats, comentários, likes, tweets e reviews pela internet. Com uma diferença importante: na internet, sua IE é capaz de mapear e influenciar essas conversas.

Acompanhar o que as pessoas (alunos, pais de alunos e potenciais novos alunos) falam da sua instituição pode ajudar a defendê-la de calúnias e polêmicas, gerar conteúdo relevante, medir os temas que mais engajam sua audiência e interagir com usuários que mencionam o nome da instituição ou hashtags de assuntos relacionados.

Ao final deste artigo, você será capaz de entender:

    • A importância da reputação online
    • Como monitorar a reputação da sua instituição
    • Ferramentas para monitoramento
    • Como gerir sua reputação online pode influenciar a captação de alunos

A importância da reputação online

A reputação da sua escola ou faculdade começa fora do ambiente digital. Historicamente, as instituições cresciam principalmente por meio do boca a boca entre os pais e alunos. Com as mídias sociais, buscadores de escolas e sites que reúnem resenhas sobre empresas, como o Reclame Aqui, este fenômeno ganhou novas proporções. A internet dá voz para todos e, por isso, é importante avaliar o que falam sobre a sua instituição nestes canais. De acordo com o Boston Consulting Group, 60% a 70% das buscas online tem o objetivo de pesquisar uma marca, produto ou serviço.

Faça o teste e coloque o nome da sua instituição no Google. Frequentemente, o buscador já indexa do lado direito da tela comentários, a nota da instituição em avaliações do Facebook e de guias de IEs, como o Melhor Escola, e traz comentários de alunos e ex-alunos sobre as instalações.Veja um exemplo de um colégio e de uma faculdade:

 

 

Isso é uma dinâmica nova, que abre mais oportunidades de interação e, principalmente, gera métricas úteis para as equipes de marketing e outros times direcionarem seus esforços  nota, teor das avaliações, instituições relacionadas, volume das buscas, entre outras.

 

Como monitorar a reputação da sua IE

Você pode monitorar a reputação online da sua IE por meio de inúmeras plataformas digitais. Lembre-se: o que as pessoas falam sobre você na internet começa fora dela, portanto, vale organizar pesquisas, entrevistas e papos para colher esses feedbacks também presencialmente. Entender a percepção de alunos, ex-alunos, pais, professores e comunidade é fundamental para a tomada de decisões estratégicas.

Faz parte de uma escola de educação básica? Confira as escolas que mais levaram alunos seus, com dados reais.

Ferramentas para monitorar a sua reputação online

Google Alerts: Você pode criar alertas com o nome da sua escola, a URL do seu site e até o nome dos seus concorrentes. A prática de alertas possibilita uma resposta rápida a eventuais reclamações, preservando a reputação da sua marca. Outra vantagem é receber alertas direto no e-mail sempre que mencionam a escola, sem precisar incluir esse monitoramento na sua rotina.

Facebook Insights: A ferramenta é disponibilizada na parte administrativa da sua fanpage, na aba “Informações”. Você terá relatórios com o perfil dos fãs (faixa etária, gênero, localização, etc), evolução das curtidas na sua página, publicações com mais likes e comentários, entre outros.

Google Trends: Analise o volume de buscas por determinados termos no Google em um certo período de tempo. Como os assuntos mais buscados no Google também reverberam nas redes sociais, é uma ferramenta incrível para entender e monitorar sobre o que sua audiência está falando. Outra ideia é comparar o volume de buscas pelo nome de concorrentes ou locais nos arredores da IE.

Social Seacher: A ferramenta permite pesquisar conteúdo em redes sociais em tempo real e fornece dados analíticos profundos. Em única busca, os usuários encontram informações publicadas no Twitter, Google+, Facebook, YouTube, Instagram, Tumblr, Reddit, Flickr e Vimeo.

Instagram: O Instagram permite a busca por perfil, hashtag ou local. No aplicativo ou na versão web, clique no ícone de lupa e insira as palavras que quer buscar. Incentive seus alunos a utilizarem hashtags específicas em publicações da escola. Se sua IE tem um nome comum ou faz parte de uma rede com diversas unidades, procure diferenciar a hashtag com o bairro da unidade ou tema que está sendo divulgado (Exemplo: #UniExemploPinheiros; #OlimpiadasColegioExemplo). Isso facilita o monitoramento. Lembre-se que a hashtag sempre começa com o símbolo do jogo da velha.

 

Como gerir sua reputação online pode influenciar a captação de alunos

Agora, que você já conheceu as principais ferramentas de monitoramento online, é hora de utilizar essas informações para engajar seus alunos, familiares e potenciais alunos. Utilize as métricas e evidências que você encontrou para construir conteúdos e conversas que  engajem seu público.

Um depoimento real de um ex-aluno, especialmente se deixado de forma espontânea em redes sociais ou sites externos ao da sua IE, pode ser o “empurrãozinho” que faltava para que outros pais e alunos decidam se matricular na escola. Vídeos, relatos, convites para tours e atividades presenciais com ex-alunos são boas ideias para usar a reputação a favor de novas matrículas. Lembre-se: o que um aluno ou família diz sobre sua IE vale muito mais do que o que você diz sobre ela.

Você deve estar se perguntando como agir diante de tantas informações obtidas por meio do monitoramento. Primeiramente, é importante se certificar que você entenda as principais métricas que podem ser retiradas para enriquecer o seu planejamento de marketing. Aqui vão algumas dicas finais para que você utilize os dados de monitoramento para enriquecer seu escopo de marketing.

 

 

Atente-se aos números: o volume de buscas pelo site ao longo do tempo pode ajudar a estimar a quantidade de leads que a IE receberá no ciclo de captação (usando como base os números do funil de matrículas de anos anteriores). Além disso, a nota da instituição ou os comentários deixados por ex-alunos podem ajudar a criar conteúdos de atração do tipo “Mais de 500 alunos satisfeitos”, “A universidade melhor avaliada no guia Melhor EscolaMelhorEscola“; “Escola aprovada por 9 em cada 10 pais” ou “A IE com mais indicações positivas perto da sua casa”.

Participar da conversa: se alguém elogiar a estrutura da sua IE, o corpo docente ou alguma atividade, promova em suas mídias sociais, comunique em reuniões de feedback, inclusive para professores e auxiliares (eles são os principais interlocutores com o público-final da IE). O mesmo acontece para polêmicas e críticas à sua instituição. Responda aos comentários, em público se necessário, e faça os encaminhamentos com a equipe da IE.  

Quando bem utilizado, o monitoramento pode funcionar como termômetro para diagnosticar com antecedência fatos que estão acontecendo no dia a dia da escola. Ao utilizar as informações para construir discursos e conteúdos relevantes, sua instituição garante que a imagem passada às famílias seja consolidada positivamente.

 

Gostou de saber mais sobre ferramentas de monitoramento online? Leia mais conteúdos como este no blog da Tuneduc. Aproveite para baixar os materiais gratuitos sobre marketing escolar, entender o que é CRM educacional e como monitorar sua escola na internet. Por fim, não deixe de assinar o nosso Boletim Nota 10, as principais notícias sobre educação direto no seu e-mail.

 

O que você achou deste conteúdo?

Muito RuimRuimRegularBomMuito Bom (média: 5,00)
Loading...

Sérgio Fiuza

View posts by Sérgio Fiuza
Sérgio é VP de Mercado da Quero Educação, startup que já inclui mais de 300 mil estudantes no ensino superior brasileiro por meio da concessão de bolsas de estudo. Além disso, construiu também carreira acadêmica, atuando como professor na Fundação Dom Cabral e Fundação Getúlio Vargas, além de participar de projetos no MIT e na Michigan State University.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top
[números e fatos]
[números e fatos]