Qual é o objetivo da avaliação escolar

Entenda a importância da avaliação em escolas de idiomas e como ela deve ser aplicada durante o curso.

As avaliações são procedimentos habituais na educação básica e nas instituições de ensino superior, pois possuem objetivos específicos de qualificação dos alunos como forma de aprovação.

Mas qual o objetivo da avaliação em escolas de idiomas?

Uma avaliação escolar, segundo o dicionário, consiste no “processo pelo qual se determina ou verifica a competência, os conhecimentos ou saberes de alguém”.

Ou seja, o seu objetivo é mensurar e avaliar o aprendizado de cada aluno, a fim de verificar se ele está conseguindo acompanhar o desenvolvimento das aulas e da programação curricular proposta.

São diversas as formas para se avaliar as competências e habilidades adquiridas em uma determinada área do conhecimento, inclusive na de um idioma específico. Seguem os métodos mais comuns de avaliação:

  • Observação e análise comportamental;
  • Solicitar redação sobre determinado tema;
  • Aplicar teste objetivo ou dissertativo de conhecimentos;
  • Realização de debates;
  • Apresentação de seminários;
  • Autoavaliação.

No âmbito da educação, existe muita discussão entre os especialistas – pedagogos e educadores – sobre os métodos de avaliação e seus objetivos práticos nas salas de aula e escolas.

A evolução da avaliação escolar

Durante muito tempo, a avaliação escola era utilizada apenas como instrumento de classificação de turmas, rotulando os alunos como bons, medianos e ruins. Algumas vezes, era ainda usada como ferramenta de ameaças aos estudantes.

Atualmente, com a evolução dos procedimentos e metodologias educacionais, a avaliação escolar se tornou importante ferramenta de monitoramento do aprendizado e grande aliada do ensino.

As avaliações passaram a atingir o objetivo principal das escolas, que é garantir que todos os alunos avancem no processo de ensino-aprendizagem.

Entretanto, muitas escolas ainda utilizam a avaliação apenas no final do curso, como forma de atribuir uma qualidade – positiva ou negativa – às aulas e ao aprendizado.

Este tipo de avaliação possui sua importância para o planejamento das aulas futuras e melhoria dos métodos utilizados, mas não é suficiente para garantir o desenvolvimento educacional dos alunos.

Para que a avaliação escolar seja efetivamente uma aliada do ensino, é preciso que ela seja aplicada durante todo o curso e das mais variadas formas, a fim de analisar o progresso individual e coletivo dos alunos e se as metodologias didáticas utilizadas pelo professor estão sendo suficientes para atingir o objetivo proposto, orientando o andamento das aulas.

Leia também:

A avaliação em escolas de idiomas

Em escolas de idiomas, a avaliação deve ser contínua, a fim de monitorar, como explicado nos tópicos anteriores, a evolução do aprendizado do aluno.

Se for o caso, o aluno poderá migrar para uma turma mais ou menos avançada, de acordo com suas necessidades – que puderam ser encontradas nas avaliações.

Além disso, quando se trata do aprendizado de um idioma estrangeiro, há algumas questões específicas da compreensão linguística que devem ser consideradas e avaliadas separadamente:

Conversação

Este tópico da compreensão linguística refere-se à habilidade de comunicação oral de determinado idioma.

É um método de ensino bastante oferecido por escolas de idiomas, por focar justamente neste tipo de comunicação. Em termos de avaliação, deve ser analisada a capacidade do aluno de falar e escutar em uma língua estrangeira.

Porém, não necessariamente uma pessoa que tem facilidade para formular textos orais em outro idioma terá a mesma facilidade para interpretar uma frase dita a ela nesse mesmo idioma.

Escrita

Consiste no conhecimento sobre gramática, ortografia, construção textual, organização sintática entre outro tópicos do texto escrito.

Em termos de avaliação, a escola deve analisar a capacidade do aluno de se comunicar por esse tipo de texto. Diversos formatos de textos devem ser levados em consideração durante o ensino deste tópico.

Leitura

Também relacionado ao texto escrito, este tópico refere-se, agora, à habilidade de compreensão e interpretação das mais variadas formas textuais.

Um método bastante utilizado em algumas escolas de idiomas, mas questionado por alguns educadores quanto a sua eficiência, é a leitura dinâmica. Na avaliação, a principal competência a ser analisada é a capacidade de interpretação do idioma, e do texto em si, através da leitura.

Considerando essas competências, a avaliação em escolas de idiomas passa a exercer um papel de orientação para o desenvolvimento individual do aluno.

Este pode ser direcionado, por exemplo, para aulas que reforcem o aprendizado daquelas habilidades que possui maior dificuldade ou que precisam ser melhoradas.

Com um efetivo sistema de avaliação em escolas de idiomas, capaz de monitorar as aulas, a qualidade do ensino e a evolução do aprendizado do aluno, um gestor será capaz de sempre oferecer a melhor solução para a necessidade do estudante, garantindo, assim, a sua fidelidade e recomendação, o que, consequentemente, melhora a imagem da marca, ajuda a atrair e captar mais alunos e diminui a evasão escolar.

Dica de leitura: 5 dicas para evitar evasão em escolas de idiomas

Avaliação de nivelamento

Enquanto na educação básica e nos cursos tradicionais não tem sentido a aplicação de uma avaliação que contenha assuntos e tópicos ainda não abordados – ou não relacionados com o conteúdo ministrado em sala de aula -, nas escolas de idiomas esse tipo de avaliação é comum e até necessária.

Na educação básica e em cursos tradicionais, como graduação ou ensino técnico, espera-se uma evolução natural do aprendizado dos alunos com o passar do tempo – e dos períodos letivos.

Já em um curso de idiomas, os alunos que chegam até a escola possuem os mais variados níveis de conhecimento, em um conjunto que abrange desde o básico ou nenhuma compreensão sobre determinado idioma, até níveis mais avançados, como a fluência.

Essa avaliação é importante no ensino de idiomas, principalmente no início do curso, a fim de classificar o nível dos alunos – e distribuí-los em turmas do mesmo nível – e escolher as metodologias, conteúdos e materiais mais recomendados para o aprendizado de cada aluno.

Para lembrar

Se você chegou até aqui, então já sabe sobre a importância da avaliação em escolas de idiomas quando se tem o objetivo de monitorar e orientar o ensino-aprendizagem.

Agora, se deseja obter mais conteúdos relevantes sobre a gestão de escolas de idiomas, indico que se inscreva em nossa newsletter.

Você receberá conteúdos exclusivos e ficará por dentro das principais tendências deste segmento do mercado educacional.

[[[ ASSINE A NEWSLETTER ]]]

O que você achou deste conteúdo?

Muito RuimRuimRegularBomMuito Bom (média: 5,00)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top
[números e fatos]
[números e fatos]