Qual é o melhor método para ensinar inglês?

Confira como e porque divulgar o método de ensino utilizado pela sua instituição de ensino.

A didática utilizada por uma escola de idiomas tem papel fundamental no processo de tomada de decisão de um potencial aluno.

Com o aumento da concorrência no mercado educacional o estudante irá optar pela instituição que divulgar o método de ensino e oferecê-lo como a melhor solução para sua necessidade.

Quando um cliente considera se matricular em um curso de idiomas, a sua necessidade é, justamente, aprender a falar um idioma estrangeiro.

E as metodologias oferecidas por uma escola, além de todas as vantagens agregadas ao ensino-aprendizagem, torna-se peça fundamental.

Divulgar o método de ensino e as ferramentas utilizadas em aula e promover aquilo que irá diferenciar uma escola de idiomas das concorrentes deve ser uma estratégia de marketing adotada por seus gestores.

Saber vender o seu produto e, sobretudo, o seu valor agregado, irá contribuir para potencializar a captação de alunos.

Leia também: Como captar alunos para escolas de idiomas

Conversação: apenas esta metodologia é eficaz?

O que se vê no mercado educacional brasileiro é que muitas escolas de idiomas oferecerem o método de conversação como a solução perfeita – e praticamente a única – para quem deseja aprender uma língua estrangeira.

Essa metodologia de ensino consiste em focar o ensino-aprendizado de um idioma na fala, por meio de conversas.

A proposta das escolas que oferecem este método é ensinar o aluno a dialogar, a se comunicar pelo texto oral, de forma rápida e eficiente.

Entretanto, de acordo com o professor Luiz Godinho, fundador do English Booster Online e um dos fundadores UNIP, a conversação é importante, mas apenas esse método não é suficiente para quem busca realmente aprender um novo idioma.

“Todas as metodologias devem incluir a conversação como elemento relevante, mas não podem deixar de dar a devida importância ao estudo e prática da gramática, leitura, redação e pronúncia”.

Para Luiz Godinho, as pessoas têm utilizado muito a escrita para se comunicar, principalmente com o desenvolvimento dos dispositivos móveis, redes sociais, blogs e aplicativos de mensagem instantânea.

“Cada vez mais as pessoas se comunicam através de mensagens escritas. Os telefones estão ficando silenciosos nas grandes empresas e mesmo em nossas casas. Então, precisamos aprender a escrever”.

O método depende do foco do aluno

A melhor forma para divulgar um método de ensino específico para um potencial aluno é através do atendimento.

Uma equipe treinada e preparada para reconhecer o problema do estudante e, assim, oferecer o curso como solução para essa necessidade, torna o momento de captação muito mais eficaz.

Confira também: As 7 melhores soluções para atendimento ao aluno disponíveis no mercado

Para o professor Godinho, existem algumas particularidades no ensino de idiomas de acordo com o objetivo do aluno:

Se o objetivo é viajar por motivos turísticos

Neste caso, a melhor metodologia deve ser focada em conversação, praticando situações típicas de uma viagem internacional, como reservar um hotel, falar em um restaurante e pedir informações na rua.

Se o objetivo é acadêmico ou profissional

O aluno deve se preparar para submeter-se a um exame de certificação internacional. Na área acadêmica, no caso do inglês, o exame mais popular é o TOEFL, já na área profissional é o TOEIC.

Estes exames são longos e exigem um conhecimento profundo do idioma. Hoje, no Brasil, as grandes empresas exigem essa certificação para a contratação ou promoção interna.

Se o objetivo for a emigração

Mudar para algum país de língua inglesa, por exemplo, como Canadá, Austrália e outros, o estudante deve estar preparado para submeter-se a um exame semelhante aos mencionados no item anterior.

Para os países da comunidade inglesa (Austrália, Canadá e Nova Zelândia), o exame aplicado é o IELTS, feito pela Universidade de Cambridge.

Agregar valor às suas aulas

Todas as escolas de idiomas oferecem aulas a seus alunos, certo? Mas o que diferencia a sua instituição das concorrentes? É isto que deve ser abordado na campanha para divulgar o método de ensino de sua escola.

Dica de leitura: 15 tendências de marketing para escolas de idiomas

Deixe claro ao seu público o que eles encontrarão de vantagens e benefícios ao se matricular em sua instituição.

Para ajudar, listamos a seguir algumas tendências que vêm sendo divulgadas no mercado de ensino de idiomas.

Aplicativos para dispositivos móveis

Os apps tomaram conta da vida moderna.

Existe aplicativo para praticamente tudo que se possa imaginar, inclusive para aprender um novo idioma.

Há escolas que desenvolveram seus próprios apps, como é o caso de algumas franquias, e outras que utilizam os apps já disponíveis no mercado.

Essa ferramenta pode ser utilizada como um complemento às aulas presenciais, tornando-os um atrativo ao aluno, que pode utilizá-lo no dia a dia para diferentes atividades.

Rede social

Outra ferramenta muito utilizada no dia a dia são as redes sociais.

As escolas podem utilizá-las como, além de uma ferramenta que incentiva a comunicação em idiomas diferentes entre os alunos, um modo de desenvolver um relacionamento mais pessoal com seus clientes.

Você pode utilizar desde grupos nas redes mais conhecidas, como Facebook, quanto desenvolver uma rede interna dentro de seu app ou plataforma utilizada.

Um grande exemplo de rede social voltada exclusivamente para o aprendizado de um idioma é a Busuu.

Atividades culturais

Um dos grandes diferenciais para ensino de uma língua estrangeira é associá-lo a atividades culturais.

Cinema, séries, música, livros e outros itens da cultura popular fazem parte da rotina do aluno.

Utilizá-los como ferramenta de ensino torna o aprendizado mais leve, divertido e efetivo.

Games

Desde os jogos mais elaborados aos mais simples, online ou presencial, costumam fazer sucesso entre os alunos e são ótimas ferramentas para aprender e memorizar um idioma.

O site Games to learn English, por exemplo, oferece diversos jogos online para quem deseja aprender inglês.

Uma opção também é reservar espaços em sua escola para que os alunos possam se divertir com jogos em grupo, como os de tabuleiro, cartas e outros… Tudo em outro idioma.

Que tal organizar uma competição de jogos com seus alunos?

Cursos instrumentais

Oferecer opções de cursos focados, por exemplo, para o mundo business – para quem trabalha e precisa aprimorar seus conhecimentos em um idioma para uso profissional para os alunos que irão viajar ao exterior e gostariam de desenvolver uma prática de comunicação mais voltada a esse fim.

Pra lembrar

Se você chegou até aqui já sabe que promover seu método de ensino é muito importante para a captação.

Vamos relembrar as principais dicas para divulgar seu método de ensino:

  • Prepare sua equipe de atendimento para explicar sobre método ao receber um potencial aluno;
  • Convide o aluno para assistir a uma aula gratuitamente;
  • Mostre ao potencial aluno os espaços físicos da escola e como eles influenciam no aprendizado;
  • Disponibilize detalhes sobre o método de ensino no site e redes sociais da escola;
  • Divulgue fotos das aulas e atividades que representem o uso do método.

O que você achou deste conteúdo?

Muito RuimRuimRegularBomMuito Bom (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top
[números e fatos]
[números e fatos]