Como se profissionalizar em Marketing Educacional?

Da captação e retenção de alunos ao branding da IES, para tudo há técnicas, na hora de se profissionalizar em marketing educacional.

As instituições de ensino têm compreendido que a maior tendência no ensino superior hoje é o marketing educacional, também chamado de marketing escolar.

No contexto da educação, é aquele que adapta as estratégias mercadológicas e de comunicação para destacar a IES, captar e reter alunos.

A necessidade de adotar tais estratégias para se sobressair vem do fato de que o mercado de ensino superior no Brasil é excessivamente concorrido — são mais de 2,4 mil instituições de ensino superior.

 

Como se profissionalizar em Marketing Educacional?

 

O marketing educacional é peça chave na captação e retenção de alunos, além de ter muita importância para o branding, prova disso é que o departamento de marketing das IES têm investido tempo e dinheiro para garantir que sua marca seja visível, cativante e confiável.

Quando utilizado como instrumento de apoio à gestão e administração, esse ramo do marketing deve ter como missão reorganizar o sucesso de uma estrutura educacional.

É claro que fazer marketing educacional focado nos futuros alunos não é tarefa simples, sobretudo se você não fizer uma boa seleção das ferramentas que vai usar.

Felizmente, há opções de cursos e materiais que podem guiar o gestor ao colocar em práticas as táticas de captação e retenção de alunos e de destaque da marca.

O que a sua IES ganha com um perito em marketing educacional?

É útil para a sua IES ter um especialista em marketing educacional, mesmo que esse profissional já possua a expertise de gestor de captação, afinal, não são raras as instituições que se perdem ao tentar cativar seu público-alvo ou que nunca monitoram os resultados de suas campanhas, por exemplo.

A profissionalização em marketing escolar fornece as ferramentas para que o gestor trabalhe com a equipe para:

 

  • Trazer mais visibilidade para a instituição de ensino;
  • Fortalecer o relacionamento com clientes, prospectos e seus influenciadores;
  • Melhorar a reputação da instituição no mercado, como consequência do conteúdo produzido e compartilhado;

Outro exemplo de benefício, mas que é apenas o começo, é ter a possibilidade de conhecer tudo que envolve a compra de um produto ou serviço.

 

 

De acordo com o professor Philip Kotler, um dos “pais” do marketing, há cinco papéis no processo que envolve a compra de um produto ou serviço.

 

  • Iniciador, que é quem evidencia a necessidade de se consumir tal produto ou serviço;
  • Influenciadores, que são agentes que influenciam no processo de compra;
  • Decisor, que é quem efetivamente toma a decisão de compra;
  • Comprador, que é quem executa a operação de compra, quem efetivamente paga pelo produto ou serviço;
  • Usuário, que é o consumidor do produto ou serviço, aquele a quem o produto ou serviço se destina.

 

Quando se começa a ter queda no número de matrículas, receitas baixas, nova concorrência e necessidades, o marketing talvez seja o instrumento mais apropriado para ajudar a solucionar e converter fraquezas em oportunidades.

 

Como se profissionalizar em Marketing Educacional?

 

Profissionalizar-se em marketing educacional

Não se começa a investir em marketing sem saber por onde começar e que táticas adotar. Muitas IES têm apostado no marketing educacional e, certamente, esperam ter retorno com isso.

Atualmente, há várias opções para que seu estabelecimento de ensino tenha um especialista no assunto. A seguir, veja sugestões de cursos, sites e livros para que o seu gestor conheça o assunto e aprenda a pôr o conteúdo em prática.

 

 

Rock Content

O site tem uma categoria dedicada especificamente às instituições de ensino, com material vasto e de fácil assimilação.

 

CRM Educacional

Todo o conteúdo do site é voltado ao mercado de educação, inclusive a superior. Há dezenas de artigos sobre marketing educacional.

 

Quero Alunos

Nosso blog oferece rico conteúdo sobre captação de alunos, planejamento e marketing digital, entre outros tópicos.

 

 

 

Instituto Graduarte

O Centro de Cursos Acadêmicos oferece MBA Executivo em Marketing Educacional, à distância. Os estudos têm duração de três semestres e são oferecidos em parceria com a Quero Bolsa.

 

Alfamérica

O MBA Executivo em Marketing Educacional também é oferecido pela Alfamérica Faculdade. O curso é semipresencial e tem duração de 18 meses. É oferecido em parceria com a Quero Bolsa.

 

Ecid

O curso de Gestão de Marketing Educacional oferecido pela Ecid é totalmente on-line e tem duração de 36 horas. O estudante obtém um certificado de conclusão após o término do conteúdo.

 

Coursera

O site Coursera oferece bastante opções de aulas on-line gratuitas, inclusive na área de marketing digital. O conteúdo é oferecido em parceria com universidades do Brasil e do mundo, como a Universidade de São Paulo e a de Illinois (EUA).

 

Marketing Educacional em Ação – Estratégias e Ferramentas (Sonia Simões Colombo)

O livro engloba os principais aspectos para a concretização do bom marketing educacional, reunindo a contribuição de autores experientes no assunto, incluindo diretores, gerentes de marketing e consultores.

 

Marketing Educacional. Da Educação Infantil ao Ensino Superior no Contexto Brasileiro 2008 (Alexandre Luzzi Las Casas)

O livro é um instrumento que identifica desafios e oportunidades e pontos fortes e fracos no conhecimento do público-alvo, na viabilidade dos programas educacionais e na profissionalização das diversas áreas da IES.

 

Dicas de Marketing Escolar (Ana Célia Ariza)

Quando a propaganda da sua IES for ao ar em outubro ou novembro, mais de 90% dos seus possíveis clientes já terão escolhido onde irão estudar. A autora dá várias dicas para você não desperdiçar recursos.  

Como se profissionalizar em Marketing Educacional?

 

Conclusão

As IES devem encontrar, hoje, formas de promover o sucesso escolar e educativo por novos métodos de gestão.

O ensino superior, assim como as empresas, apresenta situações em que o sucesso dependerá muito de uma gestão estratégica.

A diferença, e isso não pode ser posto de lado, é que a educação é um serviço social, portanto, marketing escolar deve ser entendido como um caso particular do marketing de serviços.

O que isso quer dizer?

Significa que temos de lidar com características específicas como irredutibilidade, simultaneidade, incapacidade de ser estocado, variabilidade, vulnerabilidade competitiva e dificuldade de estabelecimento de preço.

Além de tudo isso, e não menos importante, há uma enorme dependência do fator humano.

O que você achou deste conteúdo?

Muito RuimRuimRegularBomMuito Bom (média: 5,00)
Loading...

Sérgio Fiuza

View posts by Sérgio Fiuza
Sérgio é VP de Mercado da Quero Educação, startup que já inclui mais de 300 mil estudantes no ensino superior brasileiro por meio da concessão de bolsas de estudo. Além disso, construiu também carreira acadêmica, atuando como professor na Fundação Dom Cabral e Fundação Getúlio Vargas, além de participar de projetos no MIT e na Michigan State University.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top
[números e fatos]
[números e fatos]