Como abrir uma escola de idiomas?

Saiba tudo o que você precisa para abrir uma escola de idiomas e gerí-la corretamente.

Mesmo durante um período de recessão econômica, abrir uma escola de idiomas pode ser uma ótima oportunidade de negócio. Nesses períodos em que o mercado se torna menos confiante para se expandir, as oportunidades de emprego tendem a se reduzir, o que aumenta ainda mais a competitividade por uma vaga.

Para vencer a grande concorrência no mercado de trabalho e conquistar o tão sonhado emprego, os candidatos precisam se destacar com suas experiências e conhecimentos.

Dessa forma, um curso de idiomas se torna uma solução perfeita. Sem contar que, atualmente, a fluência em inglês e espanhol tem se tornado uma necessidade no mercado de trabalho, devido a sociedade se tornar cada vez mais globalizada.

Leia também: Quais são as principais tendências do mercado educacional para 2019.1?

Mas o que é uma escola de idiomas?

Este tipo de estabelecimento educacional tem como atividade principal oferecer cursos para o ensino de uma ou mais línguas estrangeiras. O objetivo do curso é capacitar o estudante para falar, compreender, interpretar e escrever em outros idiomas.

Devido ao contínuo processo de globalização, o domínio de outros idiomas tem se tornado uma necessidade cada vez mais importante, principalmente as línguas mais faladas no mundo: o inglês e o espanhol.

Por este motivo, esses dois idiomas – inglês e espanhol – são os mais procurados e ofertados nas escolas de idiomas. Entretanto, conforme aponta a revista Exame, outras línguas também têm ganhado destaque e relevância global, como o francês, mandarim e japonês.

Diante disso, surgem no mercado diversas opções de cursos de idiomas, desde escolas especializadas a aulas particulares com profissionais autônomos. Enquanto esta última oferece um ensino personalizado a um preço geralmente mais baixo, as escolas se destacam pela oferta de certificados, professores capacitados e metodologias diferenciadas.

Entretanto, como aponta o Sebrae, nem todos os cursos e escolas possuem a qualidade exigida pelo mercado ou satisfazem as expectativas dos alunos. Por isso, a qualidade de ensino deve ser um requisito essencial a ser observado a se abrir uma escola de idiomas.

Dicas para abrir uma escola de idiomas

Para abrir uma escola de idiomas, é preciso um planejamento prévio que considere todos os fatores possíveis que possam influenciar no seu negócio. Confira, a seguir, as principais ações para abrir uma escola de idiomas de sucesso:

1 – Entenda o mercado

Para qualquer negócio, é essencial o conhecimento micro e macroeconômico do segmento no qual está inserido. Como o mercado de escolas de idiomas é um dos que mais crescem no Brasil, se torna necessário conhecer quais as exigências e expectativas do público, bem como as mais recentes ferramentas de gestão e, também, de didática e metodologia. Faça pesquisas de mercado para conhecer o segmento, definir o público-alvo e pensar na melhor localidade para a sua instituição de ensino.

2 – Defina a localização

A localidade é um item fundamental para o sucesso do empreendimento. Para o tipo de negócio que representa uma escola de idiomas, a preferência está em pontos mais nobres das cidades, mas já é uma tendência a migração de escolas para áreas mais acessíveis e populares. Contudo, para se definir o melhor local para a sua escola de idiomas, deve-se levar em consideração aspectos como facilidade de acesso, disponibilidade para estacionamento, proximidade com pontos de transporte público, infraestrutura de serviços (restaurantes, bancos, farmácias etc).

3 – Conheça as exigências legais

É primordial, antes de abrir um negócio, realizar uma consulta comercial na prefeitura ou administração local. O objetivo é saber se, para a localidade escolhida para abrir uma escola de idiomas, é permitido este tipo de negócio. Além disso, é preciso ter toda a documentação necessária, como CNPJ, Inscrição Estadual e Municipal, Alvará de Funcionamento e outros. A contratação de um contador ou advogado pode facilitar o processo.

4 – Pense na estrutura da escola

Uma escola de idiomas requer uma estrutura específica, como uma secretaria, área de recepção, escritório do diretor, banheiros, área administrativa, sala dos professores, salas de aula, área de estudo e área de lazer e permanência dos alunos fora das atividades didáticas. Os espaços da escola deverão contar com um layout agradável, uma vez que a ambientação se torna um elemento diferencial para esse tipo de empreendimento. Os equipamentos também deverão ser considerados neste tópico, como computadores, lousa, carteiras e outros.

5 – Recrutar os melhores profissionais

A qualidade de ensino é o que diferencia uma escola de idiomas perante um mercado cada vez mais competitivo. Para isso, conte com professores e profissionais competentes, experientes e que saibam como somar na sua instituição. Sobre isso, recomendamos a leitura do artigo “Gestão de pessoas: como recrutar os melhores docentes”.

6 – Crie uma estratégia de divulgação

Após abrir uma escola de idiomas, é necessário torná-la conhecida. Crie uma campanha de marketing e prepare uma equipe de atendimento para captar as primeiras matrículas. Para te ajudar, você pode baixar, gratuitamente, o nosso Guia básico para divulgar uma escola de idiomas.

7 – Realize a primeira captação de alunos

Tenha à disposição uma equipe de atendimento treinada e preparada para captar os primeiros alunos e efetivar as primeiras matrículas. Clique aqui e saiba como captar alunos para escolas de idiomas. A qualidade do atendimento é essencial nessa fase!

Dicas de leitura:

Para lembrar

Como você chegou até aqui, anote essas dicas para não se esquecer do que é necessário para abrir uma escola de idiomas:

  1. Entenda o mercado;
  2. Defina a localização;
  3. Conheça as exigências legais;
  4. Pense na estrutura da escola;
  5. Recrute os melhores profissionais;
  6. Crie uma estratégia de divulgação;
  7. Realize a primeira captação de alunos.

Agora que você já sabe quais os principais passos para abrir uma escola de idiomas, é fundamental que você saiba administrá-la para crescer sempre, buscando sempre a melhora da qualidade de ensino e o aumento do número de matrículas.

Para isso, você encontra em nosso blog diversos artigos com dicas preciosas que irão ajudar a tomar as melhores decisões para a sua escola de idiomas.

E também tenho um convite especial para você: se desejar, converse gratuitamente com um de nossos especialistas. Tire as suas dúvidas e permita-nos apresentar as melhores soluções para a sua necessidade.

O que você achou deste conteúdo?

Muito RuimRuimRegularBomMuito Bom (média: 5,00)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top
[números e fatos]
[números e fatos]