Quanto custa o processo de admissão tradicional x digital

Conheça os prós e contras dos processos de admissão tradicional e digital e saiba qual a melhor opção para a sua IES.

Uma das escolhas mais importantes para os gestores de uma IES é decidir qual modelo será utilizado para a admissão de estudantes, afinal, existem diferentes tipos de vestibular.

Pode parecer algo simples, mas a forma como os alunos são admitidos pode impactar nos resultados de uma IES, sendo fator determinante para o seu sucesso.

Isso porque esse processo faz parte da experiência dos alunos com relação à sua instituição de ensino – e causar a insatisfação deles, nesse primeiro momento, pode até mesmo resultar na perda de alunos em potencial.

Muitas faculdades ainda adotam os modelos tradicionais de vestibular. No entanto, é necessário compreender que o perfil e o comportamento dos estudantes passou por diversas mudanças nos últimos anos.

Na era digital, é preciso lidar com candidatos mais imediatistas e que se frustram ao lidar com processos burocráticos, pois estão acostumados a conseguir tudo com apenas alguns cliques na tela do celular.

Por isso, torna-se necessário buscar alternativas mais modernas para o processo de admissão, de modo a automatizar processos e proporcionar uma boa experiência aos candidatos.

Para ajudar você a entender melhor os tipos de processos seletivos, elaboramos este artigo, onde você vai ler sobre:

  • As vantagens e desvantagens dos diferentes modelos de admissão;
  • Como funciona a admissão digital do Quero Alunos.

Admissão tradicional x digital

Nas últimas décadas, medidas adotadas pelo governo do país têm mudado a forma como os estudantes são selecionados e admitidos nas instituições de ensino superior.

Antes, existia somente o vestibular tradicional. Hoje, já existem diferentes tipos de vestibular e, mesmo em uma única IES, é possível encontrar mais de uma forma de admissão.

Quer saber mais quais as vantagens e desvantagens dos processos seletivos tradicionais e da admissão digital? Continue conosco!

Admissão tradicional

Como vimos, o vestibular tradicional, há algumas décadas, era a única forma de entrar em uma universidade. Hoje, no entanto, há diversos tipos de processo seletivo. Conheça alguns dos principais:

Vestibular tradicional: os candidatos são selecionados por meio de provas presenciais. Cada IES define seu formato e conteúdo, que deve abordar aquilo que é ensinado no ensino médio.

Vestibular agendado: muito utilizada atualmente pelas faculdades privadas, essa modalidade permite que os candidatos escolham o dia e o horário para fazer uma prova presencial, que pode ser tradicional ou digital.

Vestibular seriado:  as provas são sequenciais e realizadas a cada ano do ensino médio. Dessa forma, os candidatos se inscrevem no primeiro ano e fazem três exames no total. Esse tipo de vestibular está caindo em desuso.

Enem: algumas IES usam a nota do Enem para complementar a nota obtida na prova tradicional. Outras permitem o ingresso nos cursos somente com a nota Enem, sem que o candidato precise fazer outra prova.

Sisu: o Sistema de Seleção Unificada utiliza a nota do Enem para selecionar candidatos para vagas nas universidades públicas participantes.

ProUni: o Programa Universidade para Todos usa a nota do Enem para selecionar candidatos de baixa renda a bolsas parciais e integrais nas IES privadas adeptas do programa.

Agora que você já conhece mais os principais meios tradicionais de admitir estudantes, conheça alguns prós e contras de contar com um processo seletivo tradicional.

  • Prós:

– Os processos seletivos que contam com provas tradicionais são totalmente controlados pelas IES, que podem elaborar as questões e decidir os requisitos para um aluno ser admitido;

– Durante as provas, é possível observar os alunos em todo o tempo e verificar se não há nenhum tipo de fraude;

– As admissões por meio da nota do Enem evitam os gastos com a aplicação de provas tradicionais.

  • Contras:

– Há gastos com energia elétrica, telefone, impressoras, treinamento de funcionários, horas extras, entre outros;

– No caso de provas tradicionais, há um enorme desperdício de papel, usado para imprimir diferentes provas para centenas de candidatos;

– A formação de extensas filas é um impasse para as IES, que têm cada vez mais custos para garantir a fluidez. Além disso, os alunos querem ser atendidos o mais rápido possível e isso prode prejudicar a experiência;

– O vestibular tradicional pode ser muito burocrático, com processos demorados e fichas que solicitam uma grande quantidade de informações, prejudicando a experiência dos alunos.

Admissão digital

Considerando o novo perfil do aluno, que está cada vez mais conectado, faz-se necessário criar novas soluções que atendam melhor aos candidatos, proporcionando uma boa experiência.

Nesse sentido, contar com um processo de admissão totalmente online é uma forma de atender a essa necessidade e ainda otimizar os processos e reduzir custos. Conheça as vantagens e desvantagens de fazer um processo seletivo digital.

  • Prós:

– Fazer todo o processo de admissão pela internet reduz os gastos com impressões, energia elétrica e muitos outros. É uma forma bem mais econômica de admitir novos estudantes.

– Há muito mais rapidez e praticidade quando o processo é online, o que beneficia tanto os candidatos quanto a própria equipe de funcionários da IES.

– A satisfação dos candidatos é muito maior, pois o processo não exige o deslocamento até a IES e não é burocrático como um vestibular tradicional. Além disso, a prova pode ser feita a qualquer momento.

  • Contras:

– É necessário que o candidato tenha, no momento da prova, os recursos tecnológicos necessários para poder acessar o site e realizá-la. No entanto, a IES pode fornecer essa estrutura a quem não tiver.

– Há risco de fraudes e, se não houver no site uma forma de monitorar o comportamento dos candidatos – como existe na na Admissão Digital da Quero Educação –, não há como assegurar que os resultados sejam confiáveis.

– Sites pouco intuitivos ou com falhas podem levar um candidato a encontrar dificuldades para se inscrever e até mesmo desistir de se matricular em sua IES.

Admissão digital da Quero Educação

A Quero Educação oferece a Admissão Digital, uma solução amparada pela legislação brasileira que acompanha o aluno da busca pelo curso até a matrícula e garante à sua IES matrícula digital disponível 24h por dia. Além disso, acaba com as filas e a burocracia e reduz consideravelmente os custos.

Por meio da plataforma do Quero Bolsa, os candidatos podem realizar as provas do processo seletivo digital a qualquer momento e em qualquer dispositivo com plataforma eletrônica compatível com o sistema, pois o site é responsivo e de fácil usabilidade.

Além disso, são utilizadas tecnologias para conferir a autenticidade de presença dos candidatos, bem como controlar e minimizar fraudes, como identificadores de plágio e ferramentas de monitoramento de atividades do usuário durante a prova.

Com a Admissão Digital, a base de alunos formados aumenta em 50%. Além disso, com processos mais rápidos e sem burocracia, há uma redução no número de desistências durante o processo de admissão. Portanto, essa é uma excelente solução para as IES que buscam obter melhores resultados.

Para lembrar

Agora você já sabe as principais diferenças entre os tipos de processos seletivos e conhece as vantagens de utilizar a admissão digital da Quero Educação em sua IES.

Vamos relembrar, então, alguns pontos importantes?

  • Os estudantes são, hoje, muito mais imediatistas e conectados. Para garantir sua satisfação, é preciso melhorar os processos seletivos;
  • Existem diversos tipos de processos de admissão, como os vestibulares tradicionais, os agendados e o Enem;
  • O vestibular tradicional exige gastos com energia elétrica, água, horas extras de funcionários e vários outros;
  • A admissão digital surge como uma opção muito mais econômica, além de ser capaz de aumentar as taxas de conversão de sua IES.

Gostou de saber mais sobre os processos de admissão? Então, continue no blog para ler mais conteúdos como este. Se desejar se aprofundar mais no assunto, baixe agora mesmo o nosso material rico sobre admissão digital.

O que você achou deste conteúdo?

Muito RuimRuimRegularBomMuito Bom (média: 5,00)
Loading...

Patrick Caldas

View posts by Patrick Caldas
Patrick é VP de Parcerias da Quero Educação, startup que já inclui mais de 300 mil estudantes no ensino superior brasileiro por meio da concessão de bolsas de estudo. Formou-se em Engenharia Aeronáutica no ITA e possui experiência nas áreas de Finanças, Logística, Gestão, Planejamento Estratégico e Inteligência de Mercado, atuando em empresas nacionais e multinacionais de pequeno, médio e grande porte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top
[números e fatos]
[números e fatos]